terça-feira, 10 de abril de 2012

Feriado em família

Até o blogger mudou, e eu aqui: na mesma.

Quem acompanha minha vida por aqui sabe que tenho esse hábito, de escrever coisas aleatórias sobre as micro-viagens que faço. É mais pra mim que pra vocês. Gosto de voltar aqui anos depois, reler e sentir um tsunami de nostalgia me invadir.

Teve essa viagem agora, na semana santa. Família se juntou e foi pra praia vê no que dava. Mas a paisagem do litoral foi mero cenário para a alegria que é primos e primas reunidos. Nossa farra mesmo era na casa.

Quatro quartos e três equipes-famílias. Estava aberto o Big Brother praia, com o quarto morcego, o quarto inflável e o quarto selva - onde cobra engolia cobra. Muito embora depois tenha sido batizado de suíte master, porque vovó cismou de que dormia no quarto do líder. Ali identificamos todos os personagens: tinha a mama (tia Raquel com toda sua instabilidade), o João Carvalho (tia Leda, que cozinhava pra não ir pro paredão) a Kelly (Hélida, que nunca se metia nas confusões) e até o mister (Felipe - se cuida Jonas). Quem chutou que eu era a Monique com todo o drama da obesidade acertou.

Não precisou mais que um dia pra formarmos o primeiro paredão, convivência é um negócio difícil. Mas nem era sobre isso que eu queria falar. Já fui em Parnaíba-Luis Correia zilhões de vezes, mas essa foi a primeira vez com tantos historiadores gabaritados para dar explicações tão lógicas sobre tudo. Ainda em Campo Maior, passamos pelo monumento da Batalha do Jenipapo e minha prima-sobrinha, Natália, uma indiazinha linda com toda curiosidade que seus 8 anos permitem perguntou do que se tratava. Tia Leda, toda inflada responde "Aqui é o marco de uma batalha onde nós piauienses vencemos". Tipo, aqueles túmulos são mera ilusão de óptica, minha gente.

Chegando em L.C, Mirinha sabichona sai com essa: "Ah, é aqui mesmo. Olha ali o saleiro, onde faz o sal". Passeando por Parnaíba, Felipe, o mestre diz cheio de pose: "Parnaíba é uma cidade de porto, por isso o Porto das Barcas". E eu também tinha que dá a minha: "É claro que esse rio bem aí é o Parnaíba, por isso o nome da cidade". Tio Walter disse que ha muito fez um passeio de barco por ali, no que perguntamos sobre o Delta ele afirma: "Não, ainda nem tinham inventado essas frescuras".

Imagem e Ação, um clássico das viagens em família, arrematou nossas confusões, não deixando pedra sobre pedra. Só precisa falar que éramos 3 equipes de adultos e a equipe com a criança de 8 anos venceu todas as partidas. Estou com dores abdominais de tanto rir.

Andei de banana boat, meu primo deu entrevista na tv, comi carangueijo e minha irmã virou um camarão.

                         senta na banana - hit do verão

Se semana santa é um período pra ficar perto de Deus, acho que cheguei bem perto disso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário