sexta-feira, 27 de março de 2009

O Nilsinho chegoooooou! É mentira....

Confesso que se não fosse o fato de ter escolhido a carreira de jornalismo, Teresina pra mim seria pouca coisa a mais que centro-zona leste. Tenho conhecido grande parte da cidade nas pautas da tarde pegando carona nos carros do jornal e da tv O Dia (Jailson, como você e sua motinha fazem falta...)

Pois bem. Hoje fomos a caminho da CICO - Comissão Investigadora do Crime Organizado - lá no inferno da pedra virando a direita. Atrás de que? Uma única foto, desfocada que fosse do bandido-criminoso-marginal-malandro celebridade da vez: Michel Feitosa. Não, minto. Na verdade o todo-todo mesmo é o Nilsinho, acusado de assassinar a estudante Thallyne Teles (que morreu com dois tiros e foi abandonada em Buriti dos Lopes, todo mundo tá careca de saber...). Mas, na tentativa de fulga, o Nilsinho pegou dois tiros e tá internado ainda no Ceará, onde foi capturado (coisa de filme mesmo, sabe). Comentávamos no carro (eu, o motorista e o Oliveira, repórter do Jornal), que um pai de família quando leva uma topada na rua é capaz de morrer na hora, mas um bandido desse...

Enfim, conversa de bastidores. Não cabe a nós jornalistas julgar e sim apenas revelar os fatos. Por isso fomos em busca da foto do Michel, sobrinho de Nilsinho, que na verdade só deve ter ajudado a esconder o corpo, ao que tudo indica. Mas sim, chegamos lá e...alarme falso. Não tinha nada, nem bandido, nem foto. Só o delegado Bonfim Filho comendo uma rosquinha. (E na verdade, também não tinha rosquinha, mas eu botei isso porque sempre tem um delegado comendo rosquinha em filme policial...)

A verdade é que, na ânsia em dar a notícia em primeira mão, alguns meios de comunicação sairam divulgando em manchetes espetaculosas que o assassino-celebridade da vez já estava na cidade. Tu-do mentira. Mas tudo bem, o show tá só começando...

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Adorei a idéia de comentar bastidores, muito bacana mesmo!!! Porém, acredito que a principal vantagem de uma proposta dessa natureza é justamente desmistificar a tão propagada idéia de "neutralidade jornalística"... Não acredito que seja possível, por mais boa vontade que o sujeito possa ter, simplismente relatar os fatos e o seu blog é uma prova disso... Embora na sua escrita o jornalista tente banir os fragmentos que possam denunciar seus desejos e posicionamentos isso não torna sua notícia isenta de suas intecionalidades. O que você está fazendo é mostrar um pouco do lugar de onde partem os discursos, ou seja, você e as circunstâncias nas quais você se encontra... Papo chato esses hein!? De qualquer forma fica aqui meus parabéns pela iniciativa.
    B-jão do primo que te adora!!!
    ps.: não deixa de vir pra cá na semana santa... prometo que compro um bacanhau e uma caixa de chocolates pra gente comer... (rsrs)

    ResponderExcluir
  3. muito bom teu blog! li, gostei e te seguiiii rsrs abraço colega de profissão =)

    ResponderExcluir